A casa toda perfumada

A visita do ilustre Rei dos Reis trouxe aquela casa um bálsamo de cura e libertação

O óleo de nardo

O óleo de nardo Continuando com nosso caminho que estamos fazendo nessa Semana Santa em nossas casas, como falei no video anterior, que é a semana Maior da Igreja Católica. Eu te convido hoje para entrarmos em uma contemplação, imaginarmos a casa de Lázaro o amigo de Jesus. Te convido a buscar um lugar tranquilo para essa contemplação se você ainda não o fez. A ideia de você está em um lugar tranquilo, pode até compartilhar esse momento com quem está ai com você, mas esteja nesse momento aberto, aberta, para as graças que entraram em sua alma. Nessa meditação vamos fazer um olhar para um dos objetos mais precioso da cena, com maior destaque, o objeto que foi elogiado por Jesus, por tão sublime função. Tudo na vida tem uma função, não era diferente com o Nardo. Eu gosto muito de imaginar, e fico aqui nesse momento imaginando os antecessores do Nardo que estava em Betânia. A família de origem do Nardo é da India, mais precisamente do Nepal. Suas primeiras sementes nasceram lá, um país com uma cultura de muitos deuses, de muita mística. 1 Jo 12,3 A casa toda perfumada A visita do ilustre Rei dos Reis trouxe aquela casa um bálsamo de cura e libertação 6 de abril de 2020 Um dia um ramo dessa família do Nardo foi levado para a região de Jerusalém. Eu fico aqui mais uma vez imaginando o desdobramento dessa separação, o quanto foi necessário uma adaptação ao solo, o quanto as primeiras sementes que chegaram nessa região tiveram que lutar para, criar resistência para não perderem a sua essência, não perderem o seu perfume e muito menos as suas propriedades medicinais. Foi para esses que deixaram a sua origem uma grande aventura, uma grande vitória. Passados muitos anos estava lá, nascendo o Nardo, ele não tem nem idéia do que aconteceu com os que antecederam a ele, mas ele sabe que está em um solo confortável e bem adaptado, e que pode crescer, livremente, livre de todo e qualquer sofrimento que seus antecessores passaram. E o Nardo começa a crescer, ele sabe que pode chegar até um metro de altura. O Nardo é muito sonhador, em cada fase de seu desenvolvimento, a cada momento que ele iria tomando mais consistência ele ia pensando no que poderia ser. Ele sabia que poderia se transformado em um óleo com muitas propriedades. Sabia também que dependendo do que se transformasse, seria o seu destino final. Começou a conversar com aqueles que estavam a mais tempo naquele lugar e perguntar o que sabiam sobre o que poderiam se torna. Mas ele também estava atento àquelas pessoas que vinham para cuidar dele na sua fase de crescimento, e ouviu muitas possibilidades, dependendo de como estava o tempo, os valores do mercado oferecido pelo óleo de Nardo, se ouvia muitas possibilidades. Ele começou a escutar que ele poderia se tornar um óleo para fins medicinais, mais isso dependia de sua beleza e formosura, e o Nardo começou a comparar a sua forma de sino com a forma dos outros, para perceber se ele teria ou não chances de se tornar um desses óleos medicinais. Percebeu que alguns eram brancos, outros eram rosa. Cada um tinha sua forma e cor de acordo com as característica de sua origem e adaptação do solo. Continuou a escutar o que mais poderia se tornar e descobriu grandes propriedades na sua essência que parecia tão pequena, propriedades como: tratamento para a pele das pessoas, poderia ainda funcionar com um agente anti inflamatório, ou como fungicida e bactericidas. Isso poderia ajudar muitas pessoas as curarem suas infecções e principalmente não permitir que elas se contaminassem. Cada vez que alguém aparecia perto do Nardo ele estava ali, buscando descobrir o que mais ele poderia fazer. Descobriu ainda que poderia ajudar as pessoas que estavam muito agitadas, ele tem propriedades de ser calmante e até mesmo um sedativo se as dores estiverem muito forte. Poderia ajudar ainda nos problemas como varizes, liberando os conflitos que existem ai na circulação do sangue relacionados com a família. Permitindo que esse fluxo e inflação se dilua, trazendo harmonia para todo o corpo. 2 Nardo 6 de abril de 2020 Um dia o Nardo escuta alguém conversando sobre o problema de angina no peito, e ele fica curioso para saber o que poderia fazer numa situação dessa, e ele descobre que pode apoiar as pessoas que estiverem com esse sofrimento, que estiverem passado por conflitos familiares, onde ele se tornou um chefe secundário. Ele ficou imaginando como seria bom ajudar pessoas assim com o seu bálsamo. Mas ainda não estava convencido do poderia e do que escolheria entre tantas coisas boas e importantes. Em um outro momento escutou também que seria muito útil para problemas respiratórios e digestivos. Quanto mais ele descobria a sua essência e quantas coisas boas ele pode fazer, mas ele se encantava com a sua forma, com as suas propriedades. Mas o êxtase de suas possibilidades se deu quando ele descobriu que poderia servir para atribuir a uma pessoa a autoridade de Profeta e de Rei. Começou a imaginar como seria, ser utilizado para ungir um rei, para dar a uma pessoa o status de Rei e Profeta. Sonhou com essa possibilidade e desejou isso de todo o seu coração. E disse a si mesmo, de todas as possibilidades que eu tenho, de tudo o que eu possa ser, eu decido que quero servir ao Rei. O Nardo cresce nutrindo em seu coração esse singelo desejo de ser um óleo, um bálsamo para os Reis, para os profetas. Chega o dia da grande transformação. Ele consegue todas as propriedades necessárias de um óleo puro, afinal não poderia ser diferente, ele tem uma origem, e não pode ser diferente dessa origem, por mais que queira ser diferente não conseguiria, ele tem a origem de um Nardo puro. Estava lá ele pronto para ser adquirido e para fazer a função que um dia sonhou tanto. Eis que chega ao ressinto onde ele está uma pessoa e adquire aquele óleo de Nardo caríssimo, o equivalente ao salário de trazendo dias de trabalho. Enfim o ele é levado para uma pequena cidade de Betânia, uma casa de umas pessoas que parecia ter posses, mas de longe era a casa de um rei. As mulheres daquela casa era considerada prostituas, o homem daquela casa era um leproso. Quanta decepção, ele tinha sonhado tanto em servir o rei, e agora será utilizado para seduzir homens, para curar as feridas do leproso, para aliviar suas dores, para evitar que as bactérias destrua o seu corpo. Tanta expectativas, e uma enorme frustração. Mas o dia que chegou a casa de Betânia, tinha uma movimentação diferente, o Nardo ficou observando todo o movimento. Prepararam um ceia fantástica, arrumaram a casa, estavam esperando com uma alegria imensa uma pessoa. O Coração dele começou a se encher de alegria, tudo aquilo que ele sonhou que seria, começou a brotar no seu coração. Aquela casa que de longe parecia um palácio agora dava a sensação de ser a maior de todos os reinos. Entrou naquela casa uma paz, que não se podia medir, a alegria era tamanha. 3 6 de abril de 2020 Era um momento atípico, geralmente naquela casa não vinha ninguém por causa do leproso. Era uma família excluída da sociedade. Não consegui entender, como alguém isolado da sociedade poderia estar recebendo alguém que enche aquela casa de gozo, de alegria e principalmente de amor. Chega um momento do jantar, alguém me toma nas mãos, e quando eu menos espero, eu que tinha sonhado a vida toda ser jogado na cabeça de um rei, de um profeta, estou nesse momento sento despejado nos pés de um homem. Que estranho, uma sensação me consome ao estar caindo nesses pés, eu sinto, eu sinto que não sãos pés comuns, são pés de um rei. Quanta alegria, quando pensei estar tudo perdido, o desejo do meu coração se realizou, eu estou ungindo um Rei, e não qualquer rei, eu estou ungindo o Rei dos Reis, o Senhor dos Senhores, o Profeta dos Profetas. Entra no meu coração agora uma profunda gratidão. Obrigada meu Deus, por que você faz realizar os anseios do coração daqueles que aceitam a sua origem, as suas propriedades. Me perdoa meu Deus porque eu pensei que essa casa simples que estou não pudesse me dar nada do que eu sonhei, mas agora vendo que o Rei dos Reis, o Senhor dos Senhores, o Profeta dos Profetas, entrou nela, e eu posso me colocar a seus pés, só tem uma coisa a dizer. Deixa-me impregnar nos seus pés meu Senhor, deixa-me na minha essência estar a seu serviço. Obrigada meu Deus por utilizar das minhas competências, da minha essência para estar aos pés do Grande Rei de todos os tempos. Muito obrigada. Faça em mim segundo a tua vontade e atenda os anseios nutridos no meu coração na minha tenra idade. Amém. Sandra Martinhago

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp

Conheça o Workshop Nefesh